Recordando: Entrevista com Paulinha Abelha há 10 anos atrás

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Recordando uma entrevista que fizemos com Paulinha Abelha há 10 anos atrás, nesse tempo a cantora saiu duas vezes da Calcinha Preta, casou-se, montou uma banda com o ex-marido Marlus Viana, desfilou como madrinha de bateria de escola de Samba em São Paulo, se apresentou nos principais programas de TVs do Brasil, fez turnê fora do país, e tantas outras realizações. Hoje a cantora volta a dividir o palco com seus colegas de auge da Calcinha Preta, Silvânia Aquino e Daniel Diau, juntos forma o Gigantes do Brasil. Vamos recordar o que dizia a cantora ha uma década atrás.

 

Fev/2006
Fazia frio na noite paulistana, e mesmo depois de uma maratona de shows durante o final de semana, quando chegamos ao hotel como o combinado lá estava “Paulinha Abelha” pronta para nossa entrevista. Entrevista esta que não está por completa, pois “Paulinha Abelha” se esquivou de muitas perguntas é claro.

Paulinha Abelha, usa o nome artístico “Abelha” porque é o apelido do seu pai, consequentemente pegou nela. Nasceu em Alagoinhas-BA, mudou-se para Simão Dias-SE, diz que na verdade se considera nascida nas duas cidades. Amo as duas.

Seu primeiro show aconteceu na cidade de Itabaiana-SE, era vocalista da banda Panela de Barro. Na Calcinha Preta foi em Jacobina-BA.

paulinhaabelha3

 

PLANETA FORRÓ: COMO SURGIU A PAULINHA ABELHA CANTORA?
Paulinha Abelha: Eu participava do coral da igreja, agente ajudava nas novenas, ai teve um concurso com 10 meninas o qual a vencedora iria cantar a música principal no colégio. foram três etapas, classificaram cinco, depois três e na final eu fiquei em primeiro lugar.

PLANETA FORRÓ: COMO VOCÊ SAIU DO CORAL PARA CANTAR ARTISTICAMENTE?
Paulinha Abelha: O seresteiro Adelmo Recordações sempre me convidava para cantar uma música nas suas apresentações. Mas, meus colegas de classe, Adilson e George estavam tocando numa festa e anunciaram que eu iria cantar, se eu não cantasse era pra todo mundo me vaiar, eu fui, mas nunca tinha cantado em banda, em fim foi tudo certo e acredito que assim desenrolou a minha carreira artística.

PLANETA FORRÓ: COMO VOCÊ CLASSIFICA O FORRÓ ANTES E DEPOIS DA CALCINHA PRETA?
Paulinha Abelha: Já era bom, eu sei que muitos criticam chamam de vulgar, mas o fanatismo pela Calcinha é muito grande e a realidade é o nosso sucesso.

PLANETA FORRÓ: VOCÊ NÃO FICA CHATEADA POR QUE AS PESSOAS COMENTAM QUE VOCÊ SE VESTE QUASE NUA, POR SER UMA CANTORA DEVERIA TER UM FIGURINO MELHOR?
Paulinha Abelha: Eu tenho que respeitar a visão de cada um. Na verdade quando estou no palco é como se fosse um personagem, no dia-a-dia quem me conhece ou me acompanha sabe que não tenho o comportamento que tenho no palco nem tão pouco me visto daquela forma. É preciso saber dividir à artista da pessoa.

PLANETA FORRÓ: A MACHARADA FICA GRITANDO GOSTOSA. FAZENDO CARAS E BOCAS COMO VOCÊ SE SENTE?
Paulinha Abelha: Na verdade isso é um incentivo, é sinal que estou chamando atenção deles, mas que tenha respeito porque no palco está a cantora, fora dali não aceito este comportamento. No show quando vejo um rapaz assim eu jogo uma calcinha pra ele, ai ele vai a loucura.

PLANETA FORRÓ: VOCÊ POUSARIA NUA?
Paulinha Abelha: Sim, depende da proposta, de como eu esteja no momento, em fim se for por muita grana. Na verdade a revista Sexy já fez proposta, mas houve alguns empecilhos, por isso não deu certo.

PLANETA FORRÓ: O QUE VOCÊ FAZ NAS HORAS VAGAS?
Paulinha Abelha: Eu gosto de novelas e ouvir músicas.

PLANETA FORRÓ: O QUE FEZ VOCÊ RIR MUITO?
Paulinha Abelha: Eu ando rindo por qualquer coisa, mas no show eu ia levando uma queda cinematográfica por cima do retorno, mas o dançarino Victor Romão me segurou eu caiu na risada. Só que se não tivesse me segurado certamente eu não ia rir de jeito nenhum ia era chorar.

PLANETA FORRÓ: COM QUANTO ANOS FOI SEU 1º BEIJO
Paulinha Abelha: Foi aos 15 anos. Tarde não acham?

LANETA FORRÓ: QUAL O SHOW INESQUECÍVEL?
Paulinha Abelha: O da gravação do DVD em Salvador.

PLANETA FORRÓ: QUE LUGAR GOSTARIA DE CONHECER?
Paulinha Abelha: Fernando de Noronha.

 

RAPIDINHAS:
SONHO: Ser sempre feliz.
AMOR: É tudo é Deus.
CANTAR: É minha vida.
FAMÍLIA: Minha base.
FÃS: Responsáveis pelo meu sucesso, amo-os.
COR: Amarelo.
NÃO HÁ NADA MELHOR QUE: Amar e ser amada.
SE NÃO FOSSE CANTORA SERIA: Comediante, ou comerciante.
ROUPA: Amo jeans.
SONHO DE CONSUMO: Uma fazenda.
MAIOR CONQUISTA: Consegui equilibrar minha família quando eles precisaram.
O QUE JAMAIS FARIA: Abandonar minha família.
ESTÁ FELIZ POR TER COMPRADO: Uma casa para meus pais.
PONTO FRACO: No meu corpo é um cheiro no cangote, não da pra resistir.

 

AQUI VAI UM BANNER

Leia Também

Cadastre seu e-mail e receba notícias forrozeiras